ILHAS VICTÓRIA E BOSQUE ARRAYANES

Saindo do Porto Pañuelo que está a 25,5 Km de distância do centro de Bariloche, no caminho do circuito chico e ao lado do monumental Hotel Llao Llao. Se você não quiser pagar o traslado com uma agência de turísmo, pode se deslocar do seu hotel até o porto poderá ir de ônibus comum (o número 20) ou táxi. Nessa navegação visitamos dois locais: 

1) A Peninsula de Quetrihue onde se encontra o Bosque de Arrayanes, que pertence a Villa La Angostura, que é uma cidadezinha de Neuquén, na famosa Rota 40,  onde se faz outra excursão tradicional até San Martín de Los Andes.   Walt Disney nunca esteve neste bosque, para inspirar-se no filme BAMBI,  são apenas contos e fábolas, mas a verdade é que os bosques são lindos e te fazem sentir em um desenho.  A árvore do Arrayán é uma das mais lindas dos bosques de Bariloche, o tronco tem uma cor canela clara bem diferente, possui folhas verdes pequenininhas e lindas flores brancas, realmente chama muito a atenção. A trilha parece longa, por dentro do Bosque toda de madeira em forma circular e super acessível, sendo finalizada numa confeitaria.

2) Ilha Victória,  parecia  Broantown sem ursos ( Família Brown no Alaska ) é famosa pela sua história sobre a chegada de alguns pioneiros na cidade e a introdução de espécies exóticas na Patagônia, vindas da Europa e até do Canadá. Nesta Ilha encontram-se várias trilhas, casas históricas, uma escola, praias, um hotel fechado com um restaurante, este aberto,  e muita natureza, tudo bem sinalizado.