TITANIC - FATOS E CURIOSIDADES DA TRAGÉDIA EM ABRIL DE 1912.

FATOS MARCANTES DA TRAGÉDIA DO TITANIC

A HISTÓRIA NÃO CONTADA

1. Situação financeira crítica e a forte pressão sobre a Empresa White Star Line, para colocar o návio em atividade no mar ;

2. Redução de Custos na produção do Návio, que refletiu na qualidade do aço utilizado na sua construção;

3.Membros da tripulação teriam lutado por dias antes da partida do transatlântico para controlar o fogo, causado pela combustão espontânea do carvão, que atingia a temperaturas entre 500 e 1.000 graus Celsius. O fogo que teve início num enorme reservatório de carvão próximo a sala das caldeiras nº 6, e foi mantido sob controle pelos funcionários do Titanic, mas não extinto, e ainda assim atingiu altíssimas temperaturas fragilizando o aço do casco da embarcação. Ninguém nunca investigou essas marcas antes ( observem as marcas pretas, na foto ). Isso muda totalmente a narrativa. Especialistas em metalurgia dizem que quando esse nível de temperatura entra em contato com o aço, isso o torna frágil e reduz sua resistência em até 75%. O fogo era conhecido, mas foi minimizado. O Titanic já estava condenado, antes mesmo de partir, aliais, nunca deveria ter sido levado ao mar.

4. Há também a sugestão de que, apesar dos avisos de icebergs, o Titanic viajava mais rápido do que era aconselhável, porque a tripulação procurava eliminar o carvão que pegou fogo, colocando-o no único lugar disponível para ele: os fornos que alimentavam os motores do navio, aumentando a velocidade.

5. O Titanic foi o único transatlântico da História que afundou por causa de um iceberg. Se o alerta sobre o iceberg chegasse pelo menos 30 segundos antes, teria sido possível evitar a colisão.

6. Além disso, a noite do dia 14 de abril foi escura, sem Lua ou vento, dificultando a observação de icebergs. Essa situação foi agravada pela falta de binóculos para os vigias no cesto de gávea, resultado da mudança de hierarquia dos oficiais com a chegada de última hora de Henry Wilde para assumir como oficial chefe. Frederick Fleet, um dos vigias que avistou o iceberg, afirmou que acreditava que poderia ter avistado o gelo antes caso tivesse binóculos.

 

TITANIC - CURIOSIDADES

ALGUNS FATOS CURIOSOS

1. O Titanic demorou duas horas e quarenta minutos para afundar completamente depois de colidir com o iceberg.

2. Se apenas quatro compartimentos do Titanic enchessem de água, o navio não afundaria, porém seis deles foram inundados.

3. Treze casais estavam comemorando a lua de mel a bordo da embarcação.

4. Os destroços do navio só foram encontrados 73 anos depois, em 1985, a cerca de 600 km da costa de Newfoundland e a quase 4 km abaixo do nível do mar.

5. Existiu um sobrevivente japonês do Titanic, mas quando retornou à sua terra natal foi chamado de covarde pois deveria ter morrido com os outros passageiros.

6. Muitos dos barcos salva-vidas não estavam com a sua capacidade máxima de pessoas a bordo. Se estivessem, seria possível salvar 53,4% dos passageiros, mas apenas 31,6% deles sobreviveram.

7. Dos nove cachorros a bordo, apenas dois sobreviveram, um lulu da pomerânia e um pequinês.

8. Havia um treinamento de emergência marcado com os passageiros para a mesma data em que o navio afundou, mas o capitão por algum motivo resolveu cancelar. Se o treinamento agendado realmente tivesse acontecido, provavelmente mais pessoas teriam sido salvas.

09. Nas imagens do navio é possível ver quatro chaminés, porém só três delas funcionavam de verdade. A quarta chaminé era meramente decorativa.

10. O Titanic foi o único transatlântico da História que afundou por causa de um iceberg.

11. Se o alerta sobre o iceberg chegasse pelo menos 30 segundos antes, teria sido possível evitar a colisão.

12. Assim como acontece no filme, os músicos do navio realmente continuaram tocando por mais de duas horas enquanto o navio afundava, na tentativa de acalmar os passageiros.

13. A temperatura da água chegava a -2 °C e a maioria das pessoas não conseguiu sobreviver mais de 15 minutos devido à hipotermia.

14. Charles Joughin trabalhava na cozinha do navio e conseguiu sobreviver na água por duas horas em temperaturas abaixo de zero porque tinha bebido muito whisky antes do naufrágio, o que manteve seu corpo aquecido tempo suficiente para o resgate.

15. A embarcação mais próxima do Titanic naquela noite era o SS Californian, mas o navio falhou em responder os chamados de resgate. Quando a tripulação finalmente recebeu as mensagens de socorro, o Carpathia já havia resgatado os sobreviventes. Se o Californian tivesse prontamente respondido os pedidos de socorro, mais pessoas teriam sobrevivido.

16. Daniel Buckley foi um dos sobreviventes, mas só conseguiu partir em um barco que seria prioritário para mulheres e crianças porque uma das passageiras jogou um xale sobre sua cabeça e ele conseguiu fingir que era do gênero oposto.

17. A tripulação do Titanic manteve o navio na velocidade máxima mesmo depois de ter recebido informações sobre icebergs na área.

18. Só havia 20 barcos salva-vidas a bordo do navio, mas o Titanic era capaz de carregar até 64 e o plano inicial era para que ele carregasse 48. O número foi reduzido para fazer com que o deck não parecesse desorganizado.

19. A última sobrevivente do Titanic, Millvina Dean, morreu em 31 de maio de 2009. Ela tinha apenas nove semanas de idade quando o Titanic naufragou.

 

TITANIC - A TRAGÉDIA

A HISTÓRIA

O RMS Titanic foi um navio de passageiros britânico operado pela White Star Line e construído pelos estaleiros da Harland and Wolff em Belfast. Foi a segunda embarcação da Classe Olympic de transatlânticos depois do RMS Olympic e seguido pelo HMHS Britannic. Projetado pelos engenheiros navais Alexander Carlisle e Thomas Andrews, sua construção começou em março de 1909 e ele foi lançado ao mar em maio de 1911. O Titanic foi pensado para ser o navio mais luxuoso e mais seguro de sua época, gerando lendas que era supostamente "inafundável".

A embarcação partiu em sua viagem inaugural de Southampton para Nova Iorque em 10 de abril de 1912, no caminho passando em Cherbourg-Octeville na França e por Queenstown na Irlanda. Ele colidiu com um iceberg às 23h40min do dia 14 de abril e afundou na madrugada do dia seguinte com mais de 1.500 pessoas a bordo, sendo um dos maiores desastres marítimos em tempos de paz de toda a história. Seu naufrágio destacou vários pontos fracos de seu projeto, deficiências nos procedimentos de evacuação de emergência e falhas nas regulamentações marítimas da época. Comissões de inquérito foram instauradas nos Estados Unidos e no Reino Unido, levando a mudanças nas leis internacionais de navegação que permanecem em vigor mais de um século depois.

Os destroços do Titanic foram procurados por décadas até serem encontrados em 1985 por uma equipe liderada por Robert Ballard. Ele se encontra a 3843 m de profundidade e a 650 km ao sudeste de Terra Nova no Canadá. 

Em 15 de abril de 1912, o RMS Titanic afundou algumas horas depois de colidir com um gigantesco iceberg. 

 

TITANIC

CAUSAS DO NAUFRÁGIO

O naufrágio do Titanic pode ser atribuído a diversas causas, tanto naturais quanto humanas. Seu número total de mortos, um dos maiores em toda história do transporte marítimo em tempos de paz, também pode ser explicado por vários fatores. O naufrágio em si foi o resultado de circunstâncias especiais. Apesar de ser mais raro encontrar icebergs no Atlântico Norte em abril, a grande presença de gelo em 1912 se deu a um inverno particularmente suave, que fez com que um número muito maior de icebergs alcançassem a rota do Titanic do que em condições mais normais. Isso explica o motivo da embarcação ter navegado diretamente para um campo de gelo, apesar de estar viajado mais ao sul do trajeto recomendado. Além disso, a noite do dia 14 de abril foi escura, sem Lua ou vento, dificultando a observação de icebergs. Essa situação foi agravada pela falta de binóculos para os vigias no cesto de gávea, resultado da mudança de hierarquia dos oficiais com a chegada de última hora de Henry Wilde para assumir como oficial chefe. Frederick Fleet, um dos vigias que avistou o iceberg, afirmou que acreditava que poderia ter avistado o gelo antes caso tivesse binóculos.

Além disso, os compartimentos estanques não eram altos o suficiente para evitar a progressão da água porque os projetistas não queriam criar obstáculos para os passageiros nos conveses superiores, seu casco tinha apenas um fundo duplo para protegê-lo de cardumes de peixes e os componentes de aço utilizados em sua construção tornavam-se frágeis em temperaturas muito baixas (que naquela noite estava entre –1 °C e –2 °C). Apesar do aço empregado no casco fosse o melhor disponível para navios comerciais na época, seus rebites sofreram pela escassez de aço disponível, forçando a Harland and Wolff utilizar ferro forjado, que era bem menos resistente. A velocidade do Titanic no momento da colisão, apesar de considerada alta para as circunstâncias climáticas daquela noite, estava de acordo com as normas marítimas da época. Embora testemunhos de certos passageiros afirmarem que Ismay teria pressionado os oficiais para aumentar a velocidade do navio, a comissão americana de inquérito considerou que não havia provas suficientes de que o presidente da White Star Line realmente tivesse tomado essa atitude.

Por fim, o elevado número de mortos pode ser atribuído à falta de botes salva-vidas com capacidade suficiente para todos a bordo, mas também à falta de conhecimento, preparo e organização da tripulação na hora de lançá-los. Estes últimos fatores poderiam até mesmo ter feito botes adicionais irrelevantes, já que os oficiais e marinheiros não teriam condições de preenchê-los adequadamente, principalmente nos momentos finais do naufrágio quando a água já alcançava o convés superior.

 

TITANIC

OS INQUERÍTOS

Inquéritos foram instaurados no Reino Unido e nos Estados Unidos logo após o naufrágio. O inquérito americano começou em 19 de abril sob a presidência do senador William Alden Smith, enquanto o inquérito britânico teve início em 2 de maio sob a presidência de lorde John Bigham, 1.º Barão Mersey. Ambos chegaram a conclusões amplamente semelhantes: os regulamentos sobre o número de botes salva-vidas que navios deveriam carregar estavam datados e inadequados, o capitão Smith não deu a atenção adequada aos avisos de gelo, os botes não tinham sido preenchidos de forma correta e a colisão foi um resultado direto do Titanic ter entrado em uma área de perigo em uma velocidade muito elevada. O capitão Stanley Lord do Californian também foi criticado por ambos os inquéritos por ter ignorado os fogos de artifício vistos por sua tripulação e não ter prestado assistência ao Titanic.

Todavia, os dois inquéritos concluíram que negligência por parte da White Star Line não havia sido um fator. O inquérito americano chegou a conclusão que todos os envolvidos estavam seguindo as práticas habituais, dessa forma podendo apenas categorizar o desastre como um "caso fortuito".O inquérito britânico concluiu que Smith tinha seguido as duradouras práticas que até então não haviam se mostrado inseguras (com Mersey comentando que apenas os navios britânicos na década anterior haviam transportado 3,5 milhões de passageiros com apenas 73 mortos), e que ele tinha feito "apenas aquilo que outro homem habilidoso teria feito na mesma posição". O inquérito britânico se encerrou com um aviso: "O que foi erro no caso do Titanic sem dúvida nenhuma será negligência em qualquer caso similar no futuro".

O desastre levou a grandes mudanças nas regulamentações marítimas a fim de implementar novas medidas de segurança, como garantir a presença de mais botes salva-vidas, que exercícios de emergência fossem propriamente realizados e que os equipamentos de rádio em navios comerciais fossem operados ininterruptamente. A Patrulha Internacional do Gelo foi criada para monitorar a presença de icebergs no Atlântico, com as regulamentações marítimas sendo harmonizadas mundialmente pela Convenção Internacional para a Salvaguarda da Vida Humana no Mar: todas as medidas e organizações permanecem ativas até hoje.

FOTO DO PROVÁVEL ICEBERG QUE AFUNDOU O TITANIC

FOTO DO TITANIC

FOTO DO TITANIC

MARCAS CAUSADAS PELA ALTA TEMPERATURA DO CARVÃO QUE ENTROU EM COMBUSTÃO.

FONTES DE PESQUISA

Nossa pesquisa foi realizada e baseada em dados históricos e fatos, em sites especializados, como: 

1°)  https://pt.wikipedia.org/wiki/RMS_Titanic

2°) www.megacurioso.com.br/.../55534-21-fatos-curiosos-sobre-o-naufragio-do-titanic.ht.

3°) www.youtube.com.br