LISBOA UMA PAIXÃO ANTIGA

LISBOA

Namoro com essa linda cidade e capital portuguesa desde de 2011, não me vejo indo a Europa, sem passar ou voltar por lá. Minhas férias favoritas estão ligadas a esta cidade maravilhosa. E existem diversos  motivos para essa paixão, e poderia citar centenas deles, como : segurança, clima, gastronomia, preços, passeios, atrações turísticas, diversão, o rio Tejo, os 07 miradouros ( colinas ou montes ), castelos, parques, praças, museus, igrejas, arquitetura, locomoção ........... hoteis, o povo, a lingua. Realmente me sinto em casa, e não penso em parar de ir a Portugal, tão cedo. Visitamos de Viana do Castelo a Évora, de Óbidus a Sintra. Passando pelas principais cidades e ficando dias conhecendo lugares e regiões. Então como aqui não existem colonizadores e colonizados, e sim uma imensa paixão por nossa terra mãe, e saber que minhas origens ainda existem nas Freguesias ( Freguesia Feitosa, em Pontes de Lima - Viana do Castelo, na Reião Norte). Então nada mais justo que dedicamos parte desse site a uma pequena homenagem a linda cidade, capital de Portugal, ilustradas em algumas fotos, talvez não as melhores, pois são milhares e a escolha seria muito difícil.  Em outras partes do site, teremos outras regiões e detalhes visuais de cidades maravilhosas de Portugal.   Portugal é o país mais ocidental da Europa, com mais de 1.200 Km de costa banhada pelo Oceano Atlântico. Portugal Continental e as Regiões Autónomas da Ilha da Madeira e dos Açores formam os 93.000 Km² da República Portuguesa, com aproximadamente 10,5 milhões de habitantes. 

HISTÓRIA DE PORTUGAL

Portugal nasceu oficialmente em 1143, com a conquista do Condado Portucalense aos Mouros ( árabes ) por Dom Afonso Henriques, o primeiro Rei de Portugal. Em 1297 estabeleceram-se as fronteiras que existem atualmente ( as mais antigas da Europa ). A época dos descobrimentos de 1415 a 1543, expandiu-se o reino português por todos os continentes e tornou-se numa grande potência mundial. Em 1580, ocorreu a crise de sucessão, que resultou na união de Portugal e Espanha, e durou até 1640, levando a Portugal perder muito de suas riquezas e territórios ultramarinos. Outro fato marcante em sua história, foi o terremoto de 1755 em Lisboa e as invasões espanholas e francesas também deterioraram ainda mais o grande império português. Em 1910 instaurou-se a Primeira República, após 100 anos da data da primeira Constituição portuguesa. Até 1974 viveram-se anos de tumultos em Portugal: Com isso uma primeira república extremamente instável e uma ditadura que durou de 1926 a 1974, quando ocorreu a Revolução dos Cravos, um movimento social que depôs a ditadura, e foi considerado uma das mais pacíficas, pois em vez de armas disparadas, cravos foram colocados nos canos das armas. Os anos seguintes foram bem mais tranquilos para Portugal, onde foi constituido uma República Semipresidencialista até os dias de hoje. Desde de 1986 Portugal entrou e faz parte até hoje da União Europeia e sua moeda oficial é o Euro, que veio substituir o escudo português.  

CURIOSIDADES - TOP 10 DE PORTUGAL

1°) A primeira livraria do mundo abriu em 1732 em Lisboa: Livraria Bertrand;

2°) O famoso prato japonês " tempura" tem origem em Portugal;

3°) A Ponte Vasco da Gama, em Lisboa, é a maior ponte da Europa, com 17,2 Km;

4°) Com o Tratado de Tordesilhas, assinado em 1494, metade do território mundial pertencia oficialmente a Portugal;

5º) O Português é a lingua oficial de 09 países : Portugal / Brasil / Cabo Verde / Angola / Guiné Bissau / Moçambique / São Tomé e  Principe e Guiné Equatorial;

6º) Portugal é o país mais antigo da Europa;

7°) Mais de 50% de toda a produção de cortiça do mundo é feita em Portugal;

8°) A maior onda do mundo, foi surfada em Portugal por Garret McNamura;

9°) Existem mais portugueses nativos a viver fora de Portugal do que no próprio país;

10º) Portugal foi o primeiro país no mundo a abolir a pena de morte. 

Centro de Lisboa - Vista das muralhas do Castelo de São jorge.

Centro ou Baixa Bompalina até o Rio Tejo.

Vista do Centro ( Baixa Pombalina )

Centro de Lisboa - Elevador de Santa Justa

Vista do Castelo de São Jorge - No Centro ou Baixa Pombalina.

CASTELO DE SÃO JORGE ( ALFAMA )

Castelo de São Jorge - Zona abrangente: zona das calçadas da Graça e Santo André e Largo da Graça Miradouro – Miradouro da Senhora do Monte.

Colina ou Monte ( Miradouro )

Nossa Senhora do Monte

Zona abrangente: Zona do bairro de Alfama e Convento de São Vicente de Fora. Miradouro das Portas do Sol e Miradouro de Santa Luzia

Alfama - Miradouro Porta do Sol

Miradouro de Santa Luzia

Zona abrangente – Zona do Bairro Alto – Miradouro de São Pedro de Alcântara

Alfama e seus miradouros ( Portas do Sol e Santa Luzia ) . Além do Fado e o Castelo de São Jorge.

Bairros Alto / Chiado / Baixa Pombalina ( Centro de Lisboa )

Bairro Alto e Chiado

Descendo do Bairro Alto para Rossio

Praças do Centro ( Baixa Pombalina ) - Restauradores

A Praça do Rossio, também conhecida como Praça Dom Pedro IV, é uma das mais lindas e antigas praças da capital portuguesa.

Rossio e Restauradores - Centro

Elevador da Glória - Bondinho

Elevador de Santa Justa - Liga a Baixa Pombalina ao Bairro Alto e Chiado.

PARQUE EDUARDO VII E O MARQUÊS DE POMBAL.

O Parque Eduardo VII de Inglaterra é o maior parque do centro de Lisboa, sendo comummente conhecido apenas por Parque Eduardo VII. Foi batizado em 1903 em honra de Eduardo VII do Reino Unido, que havia visitado Lisboa no ano anterior para reafirmar a aliança entre os dois países. Até então, era designado Parque da Liberdade. Ao fundo a praça Marquês de Pombal ( rotatória ) , a Av. Liberdade e o Rio Tejo. 

Parque Eduardo VII

AVENIDA DA LIBERDADE EM LISBOA - LINDA

A Avenida da Liberdade é uma das principais avenidas da cidade de Lisboa, em Portugal, que liga a praça dos Restauradores à Praça do Marquês de Pombal. Com cerca de 90 m de largura e 1100 m de comprimento, conta com várias faixas e largos passeios decorados com jardins e calçada à portuguesa.

A avenida da Liberdade e a praça dos Restauradores têm a sua origem no boulevard chamado Passeio Público, iniciado em 1764, e criado pelo arquiteto Reinaldo Manuel. Inicialmente murada, a encosta foi alvo de grandes alterações nas décadas de 1830 e 1840 pelo arquiteto Malaquias Ferreira Leal, que introduziu um novo arranjo de jardins e fontes, com quedas de água e estátuas alegóricas que representam o rio Tejo e o rio Douro.

Após muita polémica, a avenida foi construída entre 1879 e 1886, à imagem dos boulevards de Paris. A sua criação foi um marco na expansão da cidade para norte, e tornou-se rapidamente uma referência para as classes mais abastadas aí localizarem as suas residências.

Muitos dos edifícios originais da avenida foram sendo substituídos nas últimas décadas por edifícios de escritórios e hotéis. Hoje a avenida ainda contém edifícios muito interessantes do ponto de vista artístico e arquitetónico, sobretudo do século XIX tardio e século XX inicial. Há ainda estátuas de escritores como Almeida Garrett, Alexandre Herculano, António Feliciano de Castilho e outros, e um Monumento aos Mortos da Grande Guerra (Primeira Guerra Mundial) que foi inaugurado em 1931, obra de Rebelo de Andrade e Maximiano Alves, e que se situa perto do Parque Mayer.

As suas qualidades cénicas, as lojas de prestígio, hotéis, teatros e edifícios históricos tornam-na um marco turístico da cidade. É considerada a 35.ª avenida mais cara do mundo.

A avenida da Liberdade é ainda o palco principal dos desfiles tradicionais das festas da cidade que se executam na noite de véspera da festividade de Santo António de Lisboa (noite de 12 para 13 de junho), em que os bairros de Lisboa competem entre si pela "melhor marcha".

A 18 de junho de 2013, a Avenida da Liberdade foi classificada como o Conjunto de Interesse Público.

Fonte de Pesquisa : 

Praça Marquês de Pombal ( Rotatória ).

Av. Liberdade

Praça Marquês de Pombal e Av. Liberdade

HARD ROCK CAFÉ LISBOA - NOSSO PREFERIDO

HARD ROCK CAFÉ LISBOA

REGIÃO DO CENTRO - BAIXA POMBALINA ( PRAÇAS )

A CHARMOSA RUA AUGUSTA

BAIXA POMBALINA - CENTRO

Av. da Liberdade indo para Centro

A Praça do Comércio, mais conhecida por Terreiro do Paço, é uma praça da Baixa de Lisboa situada junto ao rio Tejo, na zona que foi o local do palácio dos reis de Portugal durante cerca de dois séculos e que hoje está parcialmente ocupada por alguns departamentos governamentais. É uma das maiores praças da Europa, com cerca de 36 000 m² (180m x 200m).

Rua Augusta e a Praça do Comércio

Imensa Praça do Comércio e o Rio Tejo

Rio Tejo, a Ribeira e o Caís de Sodré

Praça do Comércio, Rio Tejo e a Ribeira

Belém e suas atrações ( Torre de Belém, Monumento Padrão do Descobrimento e Mosteiro dos Jerônimos). Além dos Pasteis de Belém, Museu da Marinha e o Observatório.

Torre de Belém

Os Monumentos são vizinhos

O Monumental Padrão dos Descobrimentos

Museu dos Coches e Pasteis de Belém

Além de ser um dos lugares mais bonitos, modernos e estruturados da cidade, o Parque das Nações apresenta exemplos incríveis da arquitetura moderna. Gare do Oriente ( Estação de Trêm ) , O Shopping Vasco da Gama, o Parque das Nações, Teleférico e o Aquário estão nessa freguesia portuguesa do concelho de Lisboa, pertencente à Zona Leste da capital, com 5,44 km² de área. Moderna e arrojada, a região do Parque das Nações era uma área industrial e totalmente degradada antes da Expo Mundial 98, ano em que o evento foi sediado em Lisboa.

METRÔ DE LISBOA

REDE DE HOTÉIS HF FÉNIX LISBOA

HF HOTEL

O HF Fénix Lisboa é um dos hotéis mais emblemáticos da capital portuguesa e aquele que lhe mostra, a partir da sua janela, o ritmo e o romantismo de uma das zonas mais cosmopolitas, na Praça Marquês de Pombal 8, 1269-133 Lisboa, Portugal.

REDE DE HOTÉIS FH FÉNIX

HF Fénix Hotel Lisboa