MUSEU DE SÃO PAULO ( MUSEU DO IPIRANGA )

MUSEU DO IPIRANGA ( MUSEU PAULISTA )

Infelizmente esse magnífico museu está fechado para manutenção e a previsão de reabertura para 2022, no bicentenário da independência. Atualmente, o Museu Paulista possui um acervo de mais de 450.000 unidades, entre objetos, iconografia e documentação textual, do século 17 até meados do século 20, significativo para a compreensão da sociedade brasileira, especialmente no que se refere à história paulista e conta com uma equipe especializada de curadoria. Desenvolve também um Projeto de Ampliação de seus espaços físicos.O Museu Paulista da USP foi inaugurado em 7 de setembro de 1895 como museu de História Natural e marco representativo da Independência, da História do Brasil e Paulista. Seu primeiro núcleo de acervo foi a coleção do Coronel Joaquim Sertório, que constituía um museu particular em São Paulo.O edifício histórico localizado no Parque da Independência, conhecido pelo nome de Museu do Ipiranga, tem como nome oficial Museu Paulista da Universidade de São Paulo. É uma instituição científica, cultural e educacional com atuação no campo da História e cujas atividades têm, como referência permanente, um acervo. O conjunto articulado dessas atividades é a curadoria. Envolve a formação e ampliação de coleções (por intermédio de doações, aquisições ou coleta de campo), sua conservação física, seu estudo e documentação bem como a comunicação, seja do acervo, seja do conhecimento que ele permite gerar, através de exposições, cursos, programas educativos e publicações.

MONUMENTO DA INDEPENDÊNCIA ( RIACHO DO IPIRANGA )

MONUMENTO A INDEPENDÊNCIA ( GRITO AS MARGENS DO RIACHO )

Vamos aos fatos históricos do monumento. O Monumento à Independência do Brasil, situado no local onde foi proclamada a Independência do Brasil. Autor Ettore Ximenes e Manfredo Manfredi data da construção 1926 (92 anos) Cidade São Paulo, SP. O Monumento à Independência do Brasil, também chamado de Monumento do Ipiranga ou Altar da Pátria, é um conjunto escultórico em granito e bronze pertencente ao Parque da Independência. Localiza-se na cidade de São Paulo, às margens do Riacho do Ipiranga, no lugar histórico onde D. Pedro I teria proclamado a independência do Brasil do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves em 7 de setembro de 1822. Monumento fora inaugurado como parte das comemorações ao centenário da independência, em 1922, embora tenha sido concluído apenas quatro anos depois. Em 1953 fora iniciada a obra da cripta Imperatriz Leopoldina e depois em 1972 foi acrescido à esta os restos mortais de D. Pedro I, e em 1984 D. Amélia. Já 2000 fora desenhado pelo Departamento do Patrimônio Histórico (DPH) uma forma de acesso ao interior do monumento onde jazem os restos mortais destes, chamando o espaço de Capela Imperial. 

INDEPENDÊNCIA OU MORTE ?!! SERÁ QUE FOI ASSIM MESMO ?